Pense bem, quem disse que o universo precisa ser explicado racionalmente usando apenas ferramentas naturalistas? Quem outorgou aos cientistas ateus a autoridade de excluir causas perfeitamente válidas para os fenômenos observados na natureza? Apenas porque não gostamos de uma explicação, não devemos excluí-la, sob pena de chegarmos a conclusões equivocadas.

O artigo abaixo questiona justamente este ponto. O Português é de Portugal. Veja um trecho:

“O objectivo  fundamental deste  artigo  consiste na desconstrução  crítica
do  mito  da  modernidade,  segundo  o  qual  uma  explicação  racional  do
Universo  e  da  vida  é  necessariamente  uma  explicação  naturalista  e
materialista.”

O link é em formato PDF:

Criacionismo Bíblico: Súmula dos Principais Fundamentos Teológicos e Científicos

Anúncios

Fósseis são frequentemente apresentados como evidência da teoria da evolução. Fósseis, no entanto, são um tremendo problema para os darwinistas.

Continue lendo »

Waterfowl fossils fill in a big missing link

O artigo apresenta fósseis de aves, datados de 100 milhões de anos, como mais um elo perdido no quebra-cabeças evolucionário da transição entre dinossauros e aves. Aparentemente trata-se de mais uma evidência do processo de evolução darwinista.

O que nos chama a atenção é que esta descoberta apresenta problemas enormes para a fé darwinista.

Continue lendo »

Evidence for a young earth

Este artigo lista algumas das evidências que sugerem que nosso planeta é muito mais jovem do que 4,5 bilhões de anos. Leia o original em Inglês para maiores detalhes. Continue lendo »

De onde vem a idéia de que rochas levam milhões de anos para se formar? Não da química ou qualquer outra ciência. Petrificação rápida é um processo bastante comum e observado naturalmente no mundo inteiro.

Continue lendo »

É impossível ignorar as incríveis soluções de engenharia e nanotecnologia encontradas nos seres vivos. Engenheiros e cientistas contemplam maravilhados o alto grau de sofisticação presente na natureza.

Continue lendo »

A visão prevalente como resultado da hipótese darwinista é que a maior parte da molécula de ADN é constituída de lixo evolucionário e não tem função nenhuma. Descobertas recentes começam a demonstrar que a verdade é bem diferente.

"IBM Discovery Could Shed New Light on Workings of the Human Genome"

"Non-Coding DNA Has “Far More Complexity Than Was Imagined”

Continue lendo »