Eugenia não morreu

3/10/06

Eugenics 102: Wesley J Smith on Killing Babies, Compassionately

A eugenia teve o seu climax na Alemanha nazista, mas a ideologia que levou ao seu surgimento continua viva. Idéias como esta são o produto esperado de uma sociedade onde conceitos morais absolutos foram substituídos pela idéia da sobrevivência dos mais fortes.

“Eugenia é uma filosofia social que defende o melhoramento genético da humanidade através da intervenção na sociedade. Os objetivo é produzir populações mais saudáveis, mais inteligentes, reduzir o sofrimento, ou melhor uso de recursos.” Fonte: Wikipedia

Os avanços na área da genética podem e devem ser explorados para melhorar a qualidade de vida da humanidade. Quando analisada sob a perpectiva darwinista, presume-se que a humanidade é resultado de acidentes naturais e cujo único propósito é a sobrevivência da espécie, só restando a fria realidade de que os fracos e os inválidos são ameaças à sua sobrevivência, pois consomem valiosos e escassos recursos naturais que poderiam estar a disposição de indivíduos mais aptos a perpetuação da espécie.

O Deus da Bíblia diz: “A religião que Deus nosso Pai aceita como pura e imaculada é esta: cuidar dos órfãos e das viúvas em suas dificuldades e manter-se incontaminado pelo mundo.” Tiago 1:27

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: